O Cateterismo (também conhecido como Cateterismo Vesical Intermitente) , é uma técnica desenvolvida para tratar pacientes de qualquer idade que apresentam problemas de esvaziamento da bexiga urinária. É a passagem de uma sonda, da uretra até a bexiga, com o objetivo de drenar a urina.
Seu treinamento é rápido e de fácil aprendizado. Ele pode ser realizado pelo próprio paciente ou por algum cuidador . Mas é bom ambos ter um treinamento para realizar essa técnica.

Materiais (podem ser comprados em farmácias ou ganhar da prefeitura de sua cidade):

• água e sabão neutro
• cateter uretral plástico (sonda) com calibre de acordo com a idade
• recipiente para coletar a urina
• um pote plástico com tampa para armazenar a sonda
• um frasco com graduação para medir a urina
• um espelho (para mulheres)

1º passo:
Lavar as mãos e os genitais com água e sabão neutro.

2º passo:
Reunir o material (o cateter, a lidocaína gel e o recipiente para coletar a urina) em um lugar bem iluminado e limpo.

3º passo:
Escolher uma posição confortável.

Homens: deitado, recostado no leito, sentado ou em pé.

Mulheres: Recostada no leito: dobrar as pernas e acomodar o espelho para visualizar o meato urinário

Sentada ou em pé: apoiando um pé sobre um degrau (cama, escada, vaso sanitário…), acomodar o espelho para visualizar o meato urinário.


No caso de o procedimento ser realizado pelo cuidador, a posição mais confortável é a deitada.

4º Passo:
Aplicar uma pequena quantidade de lidocaína gel sobre o cateter e introduzí-lo no meato urinário até o momento em que a urina comece a drenar.

Homens: devem lubrifcar o cateter com a lidocaína gel, segurar o pênis na posição reta e, em seguida, introduzí-lo.

5º Passo:
Quando parar de sair urina, puxar lentamente o cateter e aguardar o término da drenagem para, então, retirá-lo totalmente.

6º Passo:
Ao fnalizar o procedimento, medir o volume de urina drenado e anotar na folha de registros (última página deste manual). Esse controle permitirá que você programe o número de cateterismos necessário durante o dia.

7º Passo:
Lavar o cateter, por fora, com água e sabão e deixar correr água por dentro durante 10 segundos. Secá-lo com uma toalha limpa e guardálo dentro da geladeira em um pote com tampa, seco e limpo. Não deve ser colocado no congelador ou freezer. Ao encerrar, lavar as mãos.

Quantas vezes realizar o cateterismo vesical durante o dia?

Para estabelecer o número de cateterismos vesicais por dia, você deverá saber qual é a quantidade de urina que fca de resíduo dentro da sua bexiga (volume residual), após urinar espontaneamente ou após a tentativa de urinar.
Se o volume residual se mantiver na maioria das vezes:
• até 100 ml: nenhum cateterismo
• de 100 a 200 ml: 2 cateterismos ao dia
• de 200 a 300 ml: 3 cateterismos ao dia
• de 300 a 400 ml: 4 cateterismos ao dia
• acima de 400ml: 6 cateterismos ao dia

Observações
• Não é necessário usar luvas ou material antisséptico.
• Não usar vaselina como lubrifcante do cateter, porque pode levar à formação de cálculos na bexiga.
• O uso de lidocaína gel é dispensável nas mulheres.
• O mesmo cateter uretral pode ser usado por até 14 dias.
• Não forçar a passagem do cateter, quando encontrar resistência. Nessa situação, retire-o e tente introduzí-lo novamente, girando-a em torno de si mesmo.
• Pacientes com lesão medular não devem pressionar a barriga na altura da bexiga para acelerar o esvaziamento.
• Em caso de sangramentos, calafrios, febre, urina turva ou com cheiro forte, procurar atendimento médico.

Importante
• Procure beber água diariamente, seguindo a orientação do seu médico.
• Restrinja a quantidade de líquidos à noite para evitar acúmulo de urina durante o sono.

Dicas de saúde
• Faça alguma atividade física pelo menos 3 vezes por semana.
• Procure manter uma alimentação saudável à base de frutas, verduras, legumes e carnes magras.Quando o procedimento é realizado com todas as etapas indicadas e com bastante higiene, o recurso passa a ser mais seguro, diminuindo as complicações, reduzindo os índices de infecções urinarias, preservando o trato urinário superior, preservando também o músculo da bexiga.
Além de que melhora a qualidade de vida dos pacientes pois melhora a continência, promove maior independência, assegura um melhor convívio social, ajudando na recuperação da auto estima.

   Estude, peça orientações para seu médico e treine, mais sempre com muita higiene!

Fonte:
http://www.hcpa.ufrgs.br/downloads/Comunicacao/volume_15.pdf

Cateterismo Intermitente Limpo: O que é isso?


http://interligadonaatualidade.blogspot.com.br/2011/05/sondagem-vesical.html

Fonte: Cateterismo de bexiga ~ Cantinho dos Cadeirantes