Por Carlos Machado

“Conheça uma técnica com mais de 30 anos de história, presente em mais de 12 países e que vem modificando a realidade da fisioterapia. ”

Atualmente é muito comum ouvirmos falar em doenças herdadas geneticamente, o certo é que desde o ventre materno já estamos expostos aos padrões emocionais vividos no ambiente familiar. Essa exposição pode se refletir em alergias, insônia, irritabilidade, dificuldade de aprendizado, dor e até depressão. Isso significa que nossas emoções afetam nossa saúde física

e desse modo qualquer doença ou trauma que sofremos ficam guardados em algum espaço celular e são responsáveis por enfraquecer o nosso organismo.

A maioria das pessoas já passou por situações de contrariedade, estresse, traumas, perda de pessoas queridas, acidentes e tantas outras coisas que nos desestabilizam. Tendo origem emocional, os medicamentos e tratamentos convencionais conseguem atuar no alívio dos sintomas, mas não atingem o resultado esperado de cura. Partindo desse pressuposto uma técnica tem sido utilizada dentro da fisioterapia para tratamento de doenças psicossomáticas.

Trata- se da Microfisioterapia. A microfisioterapia é uma técnica de terapia manual desenvolvida na França na década de 80 pelos fisioterapeutas e osteopatas Daniel Grosjean e Patrice Benini, com embasamento em embriologia, ontogenia, filogenética e anatomia que visa tratar a causa da doença e não apenas o seu sintoma.

Resultado de imagem para microfisioterapia

Segundo o fisioterapeuta Carlos Machado o corpo humano luta constantemente contra agressões de todas as naturezas e diferentes intensidades, provindo do exterior como os micróbios, toxinas, choques físicos ou emocionais, ou do nosso interior como a fraqueza de um órgão, cansaço, problemas existenciais. Na maioria das vezes o nosso organismo se autocorrige em silêncio sem que seja percebido. Em outras situações quando o agressor é maior do que as possibilidades de defesa do organismo, à agressão deixa então uma espécie de “cicatriz” nos tecidos, uma memória do acontecimento. O acúmulo destas memórias pode fazer com que uma dor apareça, uma doença se desenvolva, e que o corpo perca a vitalidade.

O tratamento da microfisioterapia consiste na leitura dos sintomas, realizada através de um mapa corporal específico com os pontos que devem ser tocados para identificar a causa primária de uma doença e assim estimular a auto cura do organismo através de toques suaves pelo corpo,

encontrando assim datas importantes vivenciadas pela pessoa e as doenças que estão relacionadas com esse evento. Movimentos realizados com as mãos ajudam o organismo a apagar as marcas internas encontradas ao longo da vida.

Uma sessão dura cerca de 45 a 60 minutos e é feita com o paciente completamente vestido deitado em uma maca. O terapeuta localiza e identifica as cicatrizes que obstruem o corpo e relata tudo ao paciente, que pode se sentir cansado e sonolento ao longo da sessão. Após a aplicação da técnica é aconselhável dois dias sem realizar esforço físico e se hidratando bem.

Resultado de imagem para microfisioterapia

INDICAÇÕES

Lesões traumáticas e esportivas, dores musculares e articulares, disfunções gastrointestinais, disfunções hormonais, enurese noturna e incontinência urinária, disfunções sexuais, alergias e problemas de pele, enxaquecas, distúrbios de sono, distúrbios de peso, traumas emocionais

(perdas, abandonos, separações, etc.), distúrbios somato-emocionais (depressão, pânico, ansiedade, TDAH etc.), prevenção de doenças.