Projeto que mobiliza pessoas com deficiência para a prática de exercícios físicos será tema de debate online

É normal, é possível, é saudável. Um tetraplégico, um cego ou um amputado. Toda pessoa pode praticar atividades físicas para ter uma vida melhor. Este será o tema do debate aberto de outubro do projeto Diversidade na Rua, da Mercur. O fórum acontece no dia 19, a partir das 19h30, através da plataforma http://www.diversidadenarua.cc/.

Idealizado pela advogada Nathalia Blagevitch, do instituto Caminho Acessível, em parceria com Hamilton Almeida, do blog Casa Adaptada e Paulo Oliveira, do Amigos Cadeirantes, o projeto Defitness tem como propósito mostrar o que e como eles fazem exercícios, além de provocar e desafiar mais pessoas. Eles são os mediadores desta conversa que pretende a troca de experiências e aprendizado.

Nascida com paralisia cerebral, Nathália foi diagnosticada também com fibromialgia e recebeu orientação médica para se exercitar. “Tive que mudar radicalmente meus tratamentos. Fazia fisioterapia adaptada com musculação, e agora faço mais exercícios com um personal trainer, com um treino totalmente adaptado pra mim”, relata. Depois do diagnóstico, Nathalia entrou em contato com amigos para idealizar o projeto.

& #8220;A pessoa com deficiência precisa assumir as rédeas de sua vida e corpo, testar seus limites e buscar seus direitos”, ressalta Hamilton, que é tetraplégico e topou de cara a ideia de Nathalia para criar a hashtag #Defitness, que hoje já é usada por pessoas com deficiência de todo o País que praticam atividades físicas e compartilham em suas redes. Já Paulo, que também é tetraplégico, pratica exercícios há bastante tempo e acredita que é uma forma de melhorar a autoestima, a disposição  e encarar melhor as limitações.  Atualmente, Oliveira faz musculação adaptada três vezes na semana e alguns treinos baseados no crossfit.

Conheça mais sobre o projeto e sobre cada um dos mediadores pelo site: http://www.casadaptada.com.br/defitness/ O espaço reúne relatos, matérias e também os posts em que a hashtag #Defitness é usada.

Por ser aberto ao público, qualquer pessoa que tenha interesse no tema pode participar do debate, basta acessar o site www.diversidadenarua.cc/debate. O formato é como o de um fórum: as questões são lançadas pelos participantes e todas as respostas podem ser replicadas. Para interagir é preciso fazer um cadastro rápido e simples.

 

SERVIÇO

Debate Aberto: PCDs e a prática de exercícios físicos: possibilidades e bem-estar

Quando: 19/10, às 19h30.

Para participar acesse: http://www.diversidadenarua.cc/debate

Sobre a Mercur:

A Mercur é uma empresa brasileira fundada em 1924 na cidade de Santa Cruz do Sul (RS) e começou sua trajetória com produtos derivados da borracha. Com o passar dos anos e o repensar constante de suas atividades, compreendeu que tudo o que é produzido para atender as necessidades humanas tem um impacto no ambiente, indivíduos e na sociedade. Por isso hoje assume publicamente o compromisso de incentivar o consumo responsável e participar com pessoas e organizações na criação de soluções sustentáveis para possibilitar um mundo de um jeito bom para todo mundo. Nessa caminhada, tem descoberto novas maneiras de construir soluções com as pessoas, a partir das necessidades delas. Atualmente, a empresa conta com cerca de 700 colaboradores e com um portfólio de produtos voltados aos segmentos de educação e saúde: borrachas de apagar, giz de cera, bolsas térmicas, órteses, muletas e produtos voltados à pessoa com deficiência.

Informações para a Imprensa:

Engaje Comunicação Inteligente

Fernanda Dreier e Rosângela Florczak

(51) 9 9550.8614 e 3378.1136

[email protected]

 

GOSTOU? COMENTE! SEU COMENTÁRIO É MUITO IMPORTANTE PRA NÓS COMPARTILHE E ESPALHE A INCLUSÃO!

NEWSLETTER-730