A Scewo é uma cadeira de rodas que tem o objetivo de extinguir as limitações das pessoas com deficiências motoras perante algumas adversidades, tais como escadas ou entradas e saídas de transportes públicos.

O modelo está, como não podia deixar de ser, carregado de tecnologia, com mais uns pares de rodas do que é habitual para que a cadeira se equilibre em algumas situações. Quem está diariamente dependente de uma cadeira de rodas para se mover estará bem mais ciente das dezenas de cenários que tem de enfrentar cada vez que anda na cidade.

Momentos simples, como subir uma escada ou apanhar o metrô, podem ser verdadeiros tormentos, por muito que as entidades estatais tentem resolver o problema aqui e ali.

Para uma resolução o mais eficaz possível, um grupo de jovens na Suíça criou a Scewo, uma cadeira de rodas elétrica que consegue subir escadas, rampas ou outros pisos com uma inclinação considerável – para além de também descer. Apesar de ainda não estar à venda, este é um projeto de um grupo de estudantes que espera conseguir exportar o produto a partir do final de 2018, como é dito no site oficial.

A cadeira de rodas consegue atingir uma velocidade de 10 km/h e subir “um degrau por segundo“, velocidades quatro vezes superiores àquelas que são demonstradas no vídeo acima. Para além disso, a Scewo também pode funcionar com a elevação ativada enquanto está fixa no chão, o que pode ser bastante útil, por exemplo, durante um jogo de futebol ou de qualquer outro desporto, em que há lugares reservados para deficientes motores nos sítios mais em baixo dos estádios.

Neste momento, este é mais um projeto à procura de financiamento, desta vez no Patreon.

“Não somos uma empresa e dependemos do nosso próprio dinheiro. É muito difícil para nós estudar, trabalhar na Scewo e ainda ter um trabalho. Com o vosso apoio podemos ultrapassar esta fase e acelerar todo o processo”, apelam os jovens.

Fonte: Esta cadeira-de-rodas é capaz de subir e descer escadas – GQ Portugal

GOSTOU? COMENTE! SEU COMENTÁRIO É MUITO IMPORTANTE PRA NÓS COMPARTILHE E ESPALHE A INCLUSÃO!

NEWSLETTER-730