Recebi um e-mail/cartinha de uma leitura com muitas dúvidas acerca de namoro com cadeirante e o sexo, assunto tabu de nossa sociedade, não só no Brasil, mas em todo o mundo, o sexo assistido na Europa é cada vez mais discutido, ou ainda o fetiche que os “devotes” tem, são muitos questionamentos e dúvidas que ainda esperamos tratar aqui no blog, mas achei muito interessante as dúvidas e medos da leitora, mostrando que apesar de todos os prognósticos, de todas as limitações e preconceitos da sociedade, o amor prevalece no fim.

SEGUE A CARTA DA LEITORA:

SEXO CADEIRANTE AMOR (33)Boa noite estou querendo entender um pouco mais do assunto porque faz um pouco mais de uma ano estava num bar e avistei um menino lindo fiquei impressionada quando ele passou por mim na hora nem reparei que ele estava em uma cadeira de rodas não fez diferença, só tive a certeza que queria ficar com ele, então meu amigo foi ate ele e passou meu whats ele me chamou e começamos a conversar foram longos meses de conversa ele trabalha e faz faculdade na época estava estudando para um concurso, detalhe moramos em cidades diferentea da mais ou menos  1:30 hora e meia de distancia mais nem me importei ele e tão lindo e difícil viu mais confesso que gosto de homens assim, então um dia ele me chamou para assistir  filme na casa dele eu fui de ônibus cheguei lá morta de vergornha pq ele mora com os pais mais fui queria muito ficar com ele.
Tive muitas duvidas principalmente sobre a parte de relação sexual mais conversei com minha irma enfermeira e ela disse relaxa tem casos que eles até tem filhos.
Então fui ficamos descobri que ele não tem movimentos do umbigo para baixo achei que isso ia meio que me brochar um pouco como assim não sobe, mais não eu gostei pra mim foi ótimo foi mágico adorei estar com ele e sai de lá mais apaixonada ainda cheia de nós na cabeça curiosa ne, como ele sente prazer? Não goza? Gente como? Só eu vou me beneficiar?
sexo cadeira de rodas (1)Mais tranquilo depois disso mantive contato maus não saímos mais ele sempre falava a não da só saio de carro com meus amigos, sugeri taxi ele disse que dava trabalha então fui me infezando entendo o lado dele e muito tímido, vergonha mais pensei se ele quisesse ele ia se não quer também não vou me rastejar por ele.
Parei de manda mensagem ele também e passaram meses nem lembrava dele mais via de vez enquando no face mais nem ai, ate esses dias ele me mandar uma mensagem me pedindo meu whats, me convidando para sair fiquei absurdamente surpresa aquele sentimento d começo voltou senti até algumas borboletas no estômago, olhei umas fotos e vi ele de carro então descobri que ele tinha comprado acho que isso fez com que ele se liberasse mais.

Mais ontem fui encontrar ele onde ele mora ficamos poucas horas juntos mais foi tao bom para mim, ele me levou em um Motel precisei pegar ele no colo colocar na cadeira percebi que ele ficou envergonhado sabe mais descontrai ele ate me disse deveria ser oa contrario ne, então falei relaxa tempos modernos, foram poucas horas mais foi maravilhoso.

Mais fiquei com vergonha de pergunta para ele e isso não sai da minha cabeça, como dar prazer para ele? Porque não funciona o estímulo não vem do cérebro? Não que isso faça falta para mim mais me sinto estranha em so receber prazer e não retribuir.
Acho que posso estar acelerando as coisas, mais acho que estou apaixonada sim ele e um cadeirante mais isso não tem importância nenhuma para mim pois ele e lindo e tem alguma coisa especial que me faz querer estar perto dele.
Desculpa o texto longo mais queria desabafar tirar umas dúvidas sobre a parte sexual mesmo.
Algumas amigas acham que não tem futuro que e bobagem que nao vou conseguir que ja trnho um filho e vou ser baba dele mais sei que nao tem nada a ver isso ele e tao independente quanto eu, então não converso muito sobre, mais não tenho vergonha nenhuma tomara que  um dia possamos ter um relacionamento sério.

sexo cadeira de rodas (3)

LEIA TAMBÉM

POSIÇÕES SEXUAIS MAIS PRAZEROSAS PARA O CADEIRANTE E SUA PARCEIRA

DEFICIENTES ENCARAM ESTIGMA DO SEXO

DEFICIENTE DEVE TER VIDA SEXUAL? É POSSÍVEL?

9 COISAS QUE VOCÊ DEVERIA SABER SOBRE NAMORAR ALGUÉM COM DEFICIÊNCIA

CADEIRANTE CHEGANDO EM GAROTAS

RESPOSTA

 SEXO CADEIRANTE AMOR (41)

Bacana demais todas essas dúvidas, mostra que mesmo contra todos os prognósticos você realmente quer ficar com ele, veja bem, é muito natural e todos nós precisamos de sexo, eu sou tetraplégico e tenho uma vida sexual muito ativa.

O prazer está  no cérebro, sendo assim não se preocupe se ele não sente diretamente, não tenha dúvidas que ele goza sim, não temos ejaculação, mas o prazer de ter sua parceira a sós e dar muito prazer a ela, vale muito mais que um pouco de esperma entende?  nossa sociedade e os filmes pornôs nos fazem acreditar que só existe prazer dessa forma, o que leva a um monte  de homens que nunca se preocupam em dar prazer as suas parceiras, acabam acreditando que uma penetração de 5 minutos é suficiente para a mulher na cama, e sexo é muito mais que isso.
Quando nos tornamos cadeirantes, pelo menos no meu caso, surgem inúmeros questionamentos, dúvidas, paranóias, mas também esse conceito simplista de sexo, onde o prazer próprio é o mais importante cai por terra, e você percebe que dar prazer ao outro e ter momentos únicos é muito mais importante.
sexo cadeira de rodas (2)A ereção do cadeirante é diferente, existe a ereção reflexa, onde o toque e carinho é mais importante. A depender de cada caso há a necessidade de remédios e alternativas para manter a ereção, mas após resolvido isso, fica tudo mais tranquilo. Outra coisa que eu sempre comento é a latência pós-sexo que todo homem tem, que é um momento de total falta de prazer após o sexo, natural, biológico, mas é o momento que a mulher está mais excitada, como não “gozamos”, nós cadeirantes estamos sempre com desejo, e como a ereção depende do toque, fazer amor com um cadeirante pode durar horas então levamos vantagem em muitos pontos entende?
Então meu conselho é, se vocês realmente se gostam, a limitação física será o menor dos problemas, façam coisas bacanas juntos, tenham momentos únicos, utilizem brinquedos, fetiches, fantasias.
Pra mim o sexo hoje é muito melhor, é claro que adoraria sentir por completo, mas esse outro olhar que a lesão medular me trouxe não tenho como agradecer a Deus por isso. No final o amor é o mais importante,
Ame, entregue-se!
GOSTOU? COMENTE! SEU COMENTÁRIO É MUITO IMPORTANTE PRA NÓS COMPARTILHE E ESPALHE A INCLUSÃO!

NEWSLETTER-730